Um edifício construído para 50 funcionários localizado na cidade holandesa de Haelen é considerado o escritório mais sustentável do planeta. É o que aponta um levantamento da certificação Breeam (Pesquisa de Método de Avaliação Ambiental de Edificação, na sigla em inglês). Na avaliação do selo, o empreendimento recebeu a mais alta pontuação, com 99,94%.

O espaço é a nova sede da fabricante de secadores e resfriadores Geelen Counterflow. O local produz 50% a mais de energia solar do que necessita para aquecimento, ar condicionado, iluminação e computadores. A energia extra é usada na fábrica para corte a laser de aço inoxidável e para recarga de empilhadeiras elétricas.

O prédio é composto de madeira que apresenta menor pegada de CO2 do que qualquer outro item de construção. O design é marcado pelo controle da infiltração da luz natural e um jardim natural ao redor do edifício, com plantas e flores nativas, além de pontos propícios para pássaros, anfíbios e insetos.

Já os materiais de construção têm certificação Cradle to Cradle, por não prejudicarem o meio ambiente, podendo ser reutilizados até o fim de sua vida útil.

O Breeam é um dos principais selos verdes internacionais, com mais de 540,7 mil projetos certificados ao redor do planeta. O sistema avalia o desempenho ambiental de um empreendimento, como consumo de água e energia, materiais, uso do terreno, gestão de resíduos, bem-estar, entre outros. O selo é concedido pelo pela Bureau Veritas, uma das líderes em certificações sustentáveis do mundo.

(Texto originalmente postado em: http://www.revistaqualimovel.com.br/noticias/escritorio-holandes-e-considerado-o-mais-sustentavel-do-mundo)